Professor Polvo: o sensível documentário da Netflix que está concorrendo ao Oscar

Sabe aquela história de se perder para se encontrar? Foi exatamente isso o que aconteceu com o documentarista sul-africano Craig Foster. Por não enxergar mais propósito em seu trabalho, ele sentia-se derrotado. Então resolveu retomar um velho hábito: praticar mergulho livre em meio à uma gelada floresta de algas nas proximidades de sua casa, na África do Sul.

Porém, o que Craig não sabia era que seu hobby seria responsável por uma improvável amizade entre ele e um polvo. Durante meses, Foster se encontrou com o molusco todos os dias, criando um vínculo inimaginável com o animal e registrando todo o processo.

Daí nasceu o documentário da Netflix Professor Polvo, que este ano concorre ao Oscar de Melhor Documentário. O trailer você pode conferir abaixo (em inglês).

Professor Polvo chegou à Netflix em setembro de 2020, mas, por conta do Oscar e do burburinho que a premiação causa, só agora está sendo devidamente reconhecido pelos usuários da plataforma. E sinceramente? É simplesmente imperdível, mesmo para aqueles que não são muito chegados no gênero.

O fantástico laço entre Foster e o polvo-comum (Octopus vulgaris) proporciona não só imagens espetaculares ao telespectador, mas também nos mostra a importância de darmos valor à vida e o quão surpreendente pode ser se prestarmos atenção aos pequenos detalhes. Tudo isso através de recortes sensíveis, porém empolgantes, mesclados a depoimentos emocionantes de Craig.

Muitas pessoas dizem que polvos são parecidos com alienígenas, mas o curioso é que quanto mais você se aproxima deles, mais percebe que somos muito similares em vários sentidos.

– Craig Foster

Craig mergulhou na floresta de algas, conhecida como Great African Seaforest, por um ano. Isso significa que ele acompanhou de perto praticamente todo o ciclo de vida do polvo, coisa que jamais havia sido feita antes. Em seus mergulhos, inclusive noturnos, o cineasta registrou, além da marcante curiosidade do animal, características físicas, técnicas de camuflagem e hábitos de caça.

#ProfessorPolvo está entre os cinco indicados a Melhor Documentário do Oscar. É difícil de acreditar e ainda estamos chocados com a notícia. Muito obrigado a todos pelo suporte. 🐙

Do cabo da Boa Esperança para o tapete vermelho

Até a presente data, Professor Polvo conta com 100% de aprovação no Rotten Tomatoes, plataforma onde a crítica especializada avalia filmes e séries.

Sobre a temporada de premiações: no último sábado (10) Professor Polvo faturou o BAFTA (British Academy Film Awards) de Melhor Documentário. Em março, o filme também venceu o PGA Awards 2021 (Producers Guild of America) na mesma categoria. Será que mais estatuetas estão a caminho? Estamos todos atentos na cerimônia do Oscar, que acontece no domingo, dia 25 de abril!

Por anos, Craig mergulhou e filmou sozinho, mas quando ele começou a ter experiências extraordinárias com o polvo, Roger Horrocks, um premiado operados de câmera e velho amigo de Craig, reconheceu que havia algo especial alí. A dupla passou horas embaixo d’água e gravou alguns recortes para o Planeta Azul II, da BBC. Por um ano, Craig ficou remoendo ideias para um documentário sobre a floresta de algas, até que ele finalmente percebeu que já tinha uma história… Saiba mais clicando no link da bio!

A floresta de algas

As experiências de Craig Foster na floresta sul-africana de algas o levaram a criar o projeto Sea Change Project. Seu principal objetivo é conscientizar as pessoas para a conservação da exuberante floresta subaquática, lar do protagonista do documentário e de diversas outras espécies – algumas delas ainda não chegaram a ser catalogadas pela ciência.

Importante dizer que essa floresta é realmente gigante, começando em Cape Town, ela sobe por quase 1000km ao norte, alcançando a Namíbia. Além disso, a Great African Seaforest é tão importante quanto a Amazônia para o planeta Terra, especialmente por converter gás carbônico em oxigênio.

Clicando aqui, você pode saber mais sobre a floresta de algas e o que fazer para ajudá-la.

Ficha técnica

Título: Professor Polvo (My Octopus Teacher)

Ano: 2020

Lançamento: 7 de setembro de 2020

Distribuição: Netflix

Gênero: documentário

País: África do Sul

Roteiro: Pippa Ehrlich, James Reed

Produção: Craig Foster

Direção: Pippa Ehrlich, James Reed

Elenco: Craig Foster, Tom Foster

Classificação: Livre

Duração: 1 hora 25 minutos

Netflix

Capa

Netflix (divulgação)/ Sea Change Project

Atualizado em: 13 de abril de 2021 às 11h11.

_

Na noite do dia 25 de abril, Professor Polvo faturou a estatueta de Melhor Documentário no Oscar.

2 comentários sobre “Professor Polvo: o sensível documentário da Netflix que está concorrendo ao Oscar

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s