Onde ver baleia no Brasil?

Talvez você não saiba, mas inverno e primavera é época de baleia-jubarte (Megaptera novaeangliae) no Brasil! Essas gigantes saem das águas geladas do Atlântico Sul e sobem para regiões mais quentinhas e próximas à linha do Equador para acasalar e terem seus filhotes. Mas a parte legal é que é possível vê-las em mar aberto sem a necessidade de viajar distâncias absurdas. 💙

O chamado turismo de observação de baleias vem crescendo no Brasil, especialmente no litoral dos estados de São Paulo e Espírito Santo. Confesso que já tentei fazer esse passeio de avistamento quatro vezes (risos!), três em Ilhabela e uma em Vitória, mas nunca deu certo por causa do clima ou das condições de mar. Bom, sendo justa, eu já vi (e ouvi) uma jubarte durante um mergulho na Laje de Santos, em São Paulo, mas essa história contei aqui no Medium.

O lado positivo da minha saga, porém, é que ao longo desse ano que eu venho tentando ver baleias-jubartes virei uma espécie de expert no assunto “onde ver baleia no Brasil”. Por isso, abaixo separei alguns lugares e dicas para você aproveitar a temporada delas no Brasil! 😉

Santos e Ilhabela (SP)

No estado de São Paulo, Santos, São Sebastião e Ilhabela estão entre as principais cidades para avistar as jubartes.

Vale falar que isso não significa que você vai conseguir avistar as baleias da costa. Isso pode acontecer? Claro! Mas quando falamos em turismo de observação de baleias estamos falando em passeios embarcados afastados da costa.

O VIVA Instituto Verde Azul monitora os cetáceos no litoral do estado. Operadoras como a MAR e VIDA Eco Trip e a Maremar realizam saídas a partir de Ilhabela e São Sebastião.

Rio de Janeiro (RJ)

Embora o Rio ainda não tenha mergulhado de vez no turismo de observação de baleias, algumas empresas vêm realizando saídas embarcadas para o avistamento das gigantes.

E para além da capital do estado, esse tipo de saída também pode acontecer em cidades como Arraial do Cabo! Alguns usuários vêm compartilhando dicas no Tripadvisor.

Vitória (ES)

A capital do Espírito Santo está se tornando point de observação de baleias graças a iniciativas como o Projeto Baleia Jubarte e Amigos da Jubarte, que viabiliza os passeios de observação pela região.

Caso você tenha interesse em fazer um passeio de avistamento de cetáceos por águas capixabas, vale entrar em contato com o Amigos da Jubarte!

Abrolhos (BA)

O Parque Nacional Marinho dos Abrolhos, a mais ou menos 65 quilômetros do litoral sul do estado da Bahia, é considerado o principal berçário das jubartes no Atlântico Sul. Isso porque é no Banco dos Abrolhos que essas gigantes se reproduzem e têm seus filhotes.

Algumas agências promovem não só passeios de observação em Abrolhos como também a opção de ficar embarcado no parque por alguns dias – até porque, para além do turismo visual, a região também é um famoso ponto de mergulho! Caso você se interesse por esse tipo de expedição, vale checar o Seamade Project e o perfil da Maysa Santoro no Instagram!

Quais são as regras de observação no Brasil?

O Brasil é um dos poucos países do mundo que proibiu o nado com o cetáceos e estabeleceu algumas regras de avistamento para que as atividades das jubartes não sejam perturbadas por turistas. As principais normas determinadas pelo ICMBio são:

  • Manter 100 metros de distância ou mais e motor no neutro.
  • Não esperar ou seguir, nunca interromper o curso do animal.
  • Posicionar a embarcação de forma lateral, evitando ficar de frente ou atrás da baleia.
  • Permanecer com a embarcação por 30 minutos – 15, se houver filhotes – e seguir a regra de dois barcos por vez.
  • Não mergulhar ou nadar com cetáceos.

O Projeto Baleia Jubarte também disponibiliza para download um guia de observação de baleias para todos aqueles interessados nessa atividade, seja autoridade pública, trabalhadores ou turistas. A campanha Borrifos, da Sea Shepherd Brasil, também alerta para alguns cuidados e trás algumas dicas. Afinal, como turista, é muito importante se certificar de que as agências estão cumprindo as normas para a proteção da fauna e flora ambiental.

Atenção: quando falamos em passeios de natureza e ecoturismo tudo é muito incerto e está sujeito às condições de clima e mar, como é o caso de trilhas, mergulhos ou passeios embarcados para avistamento de cetáceos. Então, sempre que fechar um passeio assim, tenha em mente que não há garantias de que você conseguirá ver baleias ou qualquer outro animal. Mas, ei, não desanime! A imprevisibilidade é justamente a parte legal e o turismo de natureza pode ser mais surpreendente do que você imagina. 🙂

Você já conseguiu avistar uma baleia em algum passeio embarcado? 🐋

Capa:

Thomas KelleyUnsplash

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s